GTS do IPG se reúnem para iniciar a revisão do PEP 20. Para saber mais clique aqui

POR QUE COLABORAR COM O IPG?

O IPG (Instituto Philippe Guédon) recentemente foi aprovado em um edital da FAPERJ e que faz parte do programa pesquisador na empresa. Este projeto terá como objetivo fazer um mapeamento das inovações sociais de Petrópolis e será de grande importância para o município.
Projetos como esses são importantes porque promovem a discussão científica social, podem conseguir direcionar políticas públicas e também geram renda, pois necessitam de profissionais qualificados para executá-los. Este edital, por exemplo, terá dois bolsistas que receberão cerca de 4.500,00. Um valor bem acima da média de muitos trabalhos ofertados em Petrópolis e também de outras bolsas acadêmicas.
Ter uma boa ideia não é o suficiente para a aprovação de um projeto. É preciso ser apresentado por uma Instituição que esteja com sua documentação regularizada e com objetivos e experiências compatíveis com os requisitos exigidos pela Fundação. Para chegar a este nível de exigência e credibilidade, necessita de um mínimo de estrutura administrativa, contábil e jurídica, com profissionais remunerados, pois o voluntariado não consegue fazer isso de forma contínua, e uma associação sem fins lucrativos segue regras, há legislação específica a ser cumprida, o que inclui encargos trabalhistas e fiscais. Por isso, o IPG, como qualquer Organização da Sociedade Civil, sobrevive de colaborações, de pessoas físicas ou de empresas, para poder manter esta estrutura e continuar desenvolvendo seus projetos. Então, quem quiser colaborar pode fazer um PIX para a Instituição, de qualquer valor, através da chave 19658341000187. Para facilitar, o IPG também está promovendo no dia 31 de janeiro O PIX Day. Assim quem for contribuir já pode deixar esta data agendada para fazer a doação.
Quando se colabora com uma associação sem fins lucrativos, de interesse social, quem lucra é a população.

Para saber como foi a Roda de Conversa do IPG clique aqui

Instituto Philippe Guédon (IPG) inicia em janeiro projeto de pesquisa que fará o mapeamento do ecossistema de inovações sociais de Petrópolis. Clique aqui e saiba mais sobre o projeto e seu coordenador, Gustavo Costa.

Confraternização do GT de Meio Ambiente do IPG

Lançamento do livro de guédon reúne representantes de toda a sociedade petropolitana

Clique aqui para saber como foi o lançamento.